domingo, 24 de janeiro de 2010

MUSICAS DO BUERERE




Começar no A

Cheguei a casa e abri o meu livro para estudar
Para aprender é preciso saber como é bom cantar
Numa canção escolhe o tema de escola pra começar
Repete agora comigo essas letras que eu vou gritar
A-A, E-E, A-E-I-O-U
A-A, E-E, A-E-I-O-U

Sabes que começou no A, A-A-A
E a seguir vem o E, E-E-E
Inteligente é com o I, I-I-I
O, U depois do O, faz o A-E-I-O-U

"bis"



Pula, brinca, agita

oh, oh oh oh, oh oh oh, oh oh oh ....

Refrão:
Pula brinca agita come doce come torta, alegria !
Toda a vez que eu girtar Go, oh oh oh oh oh
A gente vira cambalhota
Pula brinca agita come doce come torta, alegria !
Toda a vez que eu girtar Go, oh oh oh oh oh
A gente vira cambalhota


Quando a bananeira joga futebol
Brinca toda a tarde com a vizinha no quintal
Menino ou menina tudo é tão legal
O que vale apena é ser feliz e não faz mal

Refrão:
Pula brinca agita come doce come torta, alegria !
Toda a vez que eu girtar Go, oh oh oh oh oh
A gente vira cambalhota

Tem cachorro quente gelado de limão
Um cacau p'ra gente aquecer o coração
Tudo é divertido para dar risada
Viva a garotada a nossa turma é da pesada



A bailarina

Refrão :
1 2 3 e 4 dobro a perna e dou um salto
Viro e me viro ao revés e se eu cair conto até 10
Depois esta lenga lenga toda recomeça
Puxa vida ora essa vivo na ponta dos pés
1 2 3 e 4 dobro a perna e dou um salto
Viro e me viro ao revés e se eu cair conto até 10
Depois esta lenga lenga toda recomeça
Puxa vida ora essa vivo na ponta dos pés


Quando sou criança viro o orgulho da familia
Girei meia ponta sobre a minha sapatilha
Quando sou brinquedo me dão corda sem parar
Se a corda não acaba eu não pàro de dançar

Sem quereres num passo e vem fazer um "grand écart"
E para um bom salto acontecer me abaixo num lindo "plié"
Sinto derepente uma sensação de orgulho
Se ao contràrio do mergulho vou ao ar num "grand jeté"
Quando estou num palco entre luzes a brilhar
Eu não sinto um passo a voar voar voar
Toda a bailarina pela vida vai levar
Sua doce sina de dançar dançar dançar

1 2 3 e 4 ..... AH !

Refrão :
1 2 3 e 4 dobro a perna e dou um salto
Viro e me viro ao revés e se eu cair conto até 10
Depois esta lenga lenga toda recomeça
Puxa vida ora essa vivo na ponta dos pés
1 2 3 e 4 dobro a perna e dou um salto

Viro e me viro ao revés e se eu cair conto até 10
Depois esta lenga lenga toda recomeça
Puxa vida ora essa vivo na ponta dos pés



Da-me o que preciso

Refrão:
Da-me da-me da-me so o teu sorriso
Da-me da-me da-me por favor
Da-me da-me da-me tudo o que é preciso
Para um mundo de alegria e cor
Conta conta conta porquê que estàs triste
Conta conta conta conta la
Conta conta conta que a alegria existe
Todos juntos vamos encontrar

Imagina so um arco iris de mil cores
E em cada cor a esperança de um mundo melhor, cheio de amor !

Refrão:
Da-me da-me da-me so o teu sorriso
Da-me da-me da-me por favor
Da-me da-me da-me tudo o que é preciso
Para um mundo de alegria e cor
Conta conta conta porquê que estàs triste
Conta conta conta conta la
Conta conta conta que a alegria existe
Todos juntos vamos encontrar


Podes encontrar cantando a felicidade
Podes ajudar sorrindo alguém a ser feliz, muito feliz !



Viva o sonho de criança

Eu jà voei num sonho
Jà encontrei um paraiso de amor
Onde ninguém conhecia a maldade e a dôr
Fadas do bem gnomos doentes também
Todos cantando a canção
Falando sempre de amor de verdade e razão

Refrão:
Viva a fantasia viva o sonho de criança
Viva a alegria de mão dada com a esperança
Viva a fantasia viva o sonho de criança
Viva a alegria de mão dada com a esperança


é bom sonhar viver a vida a brincar
No rio da paz navegar
Ir ao encontro da vida com esperança de amar
Vamos sorrir o melhor é divertir
Todos os que querem ter
Essa magia na alma que nos faz viver

Refrão:
Viva a fantasia viva o sonho de criança
Viva a alegria de mão dada com a esperança
Viva a fantasia viva o sonho de criança

Viva a alegria de mão dada com a esperança




Filho profissional

Acordo todo o dia vou direita p'ra banheira
Escovo os meus dentinhos ja de baixo do chuveiro
Pareço uma criança dentro dum comercial
Cabelo penteado roupa linda coisa e tal
Quarto arrumadinho chinelinho no lugar
Radio bem baixinho p'ro vizinho nao chiar
Tipo bem quadrado e de mesa sempre igual
Cômo o que me mandam por isso nao passo mal

Refrão:
Mamã legal
Desse jeito eu vou passar à filha profissional
Mamã legal
Depois não vai se zangar se me chamarem de anormal
Mamã legal
Desse jeito eu vou passar à filha profissional
Mamã legal
Depois não vai se zangar se me chamarem de anormal


So tenho 8 anos mas pareço ter uns 100
Vivo como a gente que não sabe viver bem
Quero os meus direitos de criança assegurados
Vou virar a mesa e fico um pouco mais ligada
Ténis pela casa 100 mil Watts no meu som
Banheira alargada e começa a ficar bom
Não vou ser um génio não é isto que eu quero
Pàra de querer que eu seja sempre muito séria

Refrão:
Mamã legal
Desse jeito eu vou passar à filha profissional
Mamã legal
Depois não vai se zangar se me chamarem de anormal
Mamã legal

Desse jeito eu vou passar à filha profissional
Mamã legal
Depois não vai se zangar se me chamarem de anormal



Parque de diversão

Sempre hà um lugar dentro do coração
P'ra se montar um parque de diversão
E girando a roda pela montanha fora
Feito bola de sorvete
Que bom sabor promete
P'ra quê ser quadrado ?
P'ra quê ser careta ?
Se o sonho é alegria completa
Bola cor de rosa doce e gostosa
Bala recheada de contos de fadas

Refrão:
Borboleta voa voa
Passarinho canta à toa
So de ver você e eu sonhar
Coração que voa voa
Fica rindo numa boa
So de ver você e eu brincar
Num parque de diversão
Dentro do teu coração
Num parque de diversão

Bis



Bom dia

Bom dia meu amigo a festa começou
Agora que você jà levantou
Fez tudo direitinho
Escuvou os dentes tomou seu café
Agora vem comigo para ver como é que é
Aqui a gente brinca com a mão e com o pé
Pula canta e dança para ver como é que é

Refrão:
é é é é é
A gente vai dizer como é
é é é é é
Você vai aprender como é
é é é é é
A gente vai dizer como é
é é é é
Você vai aprender

A gente se diverte e se sente feliz
E sempre que acaba a brincadeira
A gente pede bis
Por isso vem agora do jeito que quiser
Chegou a nossa hora eu sei que ela é
Melhor do que pipoca chiclete e picolé
Bom dia meu amigo venha ver como é que é

Refrão:
é é é é é
A gente vai dizer como é
é é é é é
Você vai aprender como é
é é é é é
A gente vai dizer como é
é é é é
Você vai aprender




A bicicleta

Refrão:
B C C L E T A
Sou sua amiga bicicleta

Sou eu que te levo pelos parques a correr
Te ajudo a crescer em duas rodas deslizar
Em cima de mim o mundo fica à sua mercê
Você roda em cima e o mundo em baixo de você
Corra ao vento o pesamento solto pelo ar
P'ra isto acontecer basta você me pedalar

Refrão:
B C C L E T A
Sou sua amiga bicicleta

B C C L E T A
Sou sua amiga bicicleta


Sou eu que te faço companhia por aì
Entre ruas e avenidas na beira do mar
Eu vou com você comprar te ajudo a curtir
Doces figurinhas coisas p'ra ti e p'ra mim
Roda a roda e o tempo roda é hora de voltar
P'ra isto acontecer basta você me pedalar

Refrão:
B C C L E T A
Sou sua amiga bicicleta

B C C L E T A
Sou sua amiga bicicleta


Faz bem pouco tempo entrei na moda p'ra valer
Os executivos me procuram sem parar
Todo o mundo vive preocupado a emagrecer
Até mesmo os seus pais resolveram me adoptar
Muita gente ultimamente vem me pedalar
Mas dos jeitos tenho que eu não saio do lugar

Refrão:
B C C L E T A
Sou sua amiga bicicleta

B C C L E T A
Sou sua amiga bicicleta

Sou sua amiga bicicleta !

B C C L E T A

Sou sua amiga bicicleta
B C C L E T A

Sou sua amiga bicicleta
Sou sua amiga bicicleta !




Pulo, danço

Sou miuda sou criança
Tenho muita esperança
De um mundo melhor
P'ra você p'ra mim
Onde a violência chega ao fim
Vou com a Ana todo o dia a cantar com alegria
A pureza do amor que ela nos traz
A grandeza de miudo a beleza desta vida
é saber de cor uma lição de paz

Refrão:
Pulo pulo danço vou neste balanço
Viro cambalhota se preciso for
P'ra te ver sorrindo vais ver como é lindo
O que vale a pena é o amor

"bis"




A cantar

Refrão:
Do do do
Ré ré ré
Mi mi mi
Depois vem o Fa Sol La Si
Do do do
Ré ré ré
Mi mi mi
Depois vem o Fa Sol La Si


Traz todos os amigos para aqui
Cantaremos todos Do Ré Mi
Vamos então ensaiar o Do
Do, Do
Do, do
Do, do
Do, do, do, do

Refrão:
Do do do
Ré ré ré
Mi mi mi
Depois vem o Fa Sol La Si
Do do do
Ré ré ré
Mi mi mi
Depois vem o Fa Sol La Si


Vem aprender é o melhor que ha

Do do do ré mi mi ré do fa
Fa fa fa mi ré fa mi do
Do, do
Do, do
Do, do
Do, do, do
Do, do, do, do

Refrão:
Do do do
Ré ré ré
Mi mi mi
Depois vem o Fa Sol La Si
Do do do
Ré ré ré
Mi mi mi
Depois vem o Fa Sol La Si



Imitando os bichos

Refrão:
Yoyo lele, yoyo lala
Eu quero ver quem é que sabe imitar
Yoyo lele, yoyo lala
Eu quero ver quem é que sabe imitar

Cachorro faz "au au"
O gato faz "miau"
O bode "beee" carneiro "meee"
A vaca "muuu"
O porco faz "oinc oinc"
Galinha "cocoroco"
O pato " qua"
E o pintainho faz "piu piu piu"

Refrão:
Yoyo lele, yoyo lala
Eu quero ver quem é que sabe imitar
Yoyo lele, yoyo lala
Eu quero ver quem é que sabe imitar


O sapo faz ...
Cavalo faz "rinch"
Peru "glu glu"
E o macaso "uh uh uh uh"
Abelha faz "ZZZ"
O lobo faz "auuuuuuuh"
O peixe "glub"
E a coruja faz "ruh ruh ruh"



O lobisomen

Oh oh oh oh oh oh oh
Olha o lobisomen
Oh oh oh oh oh oh oh
Olha o lobisomen

Oh oh oh oh oh oh oh
Olha o lobisomen

Oh oh oh oh oh oh oh

Naquela casa mora um cara esquesito
Que é de se estranhar
O pêlo dele vai crescendo vai crescendo
Em noite de luar

Refrão:
é meia noite, uh uh
é sexta-feira, uh uh
é lua cheia, uh uh
E sai na rua p'ra assustar
é meia noite, uh uh
é sexta-feira, uh uh
é lua cheia, uh uh
E sai na rua p'ra assustar

Oh oh oh oh oh oh oh
Olha o lobisomen

Oh oh oh oh oh oh oh

Durante o dia ele cultiva muitas flores
So p'ra disfarçar
As suas unhas jà estão p'ra là de grandes
Eu vou me mandar

Refrão:
é meia noite, uh uh
é sexta-feira, uh uh
é lua cheia, uh uh
E sai na rua p'ra assustar

é meia noite, uh uh
é sexta-feira, uh uh
é lua cheia, uh uh
E sai na rua p'ra assustar
Oh oh oh oh oh oh oh

Olha o lobisomen
Oh oh oh oh oh oh oh

Até que um dia descobri que ele não era assim tão mau
Ele gostava de brincar como se fosse carnaval
Então saìa pelas noites com a gente a dormir
E até hoje ninguém sabe seus segredos descobri



Vermelho e verde

Se tu tiveres que ir sozinho p'ra escola
Algumas regras vais ter que aprender
Se gostas de levar a tua bola
Agarra-a bem e não vàs a correr
Primeiro pàra e olha para a esquerda
Depois p'ra direita e esquerda outra vez
Ir com cuidado evita uma queda
Que é mais importante que a rapidez


Refrão:
Se està vermelho STOP
Se està vermelho STOP
Vais ter mesmo que esperar
Mas se està verde
Mas se està verde
Olha bem e podes passar

Se està vermelho STOP
Se està vermelho STOP
Vais ter mesmo que esperar
Mas se està verde
Mas se està verde
Olha bem e podes passar

"bis"




Voa Melzinho

Refrão:
Voa voa voa
A Melzinho à toa
Voa voa voa
A Melzinho à toa


Tão linda tão fresca tão bela tão doce
Foi uma surpresa quando o vento a trouxe
Sorriso inocente parece voar
Sobre toda a gente que sabe cantar

Refrão:
Voa voa voa
A Melzinho à toa
Voa voa voa

A Melzinho à toa

De asas brilhantes vai de flor em flor
Levando recados tão doces de amor
é uma abelhinha que sabe dançar
Não canta mas põe toda a gente a cantar



Um, dois, três

Refrão:
1 2 3 com vocês
4 5 6 7 8 9 10
1 2 3 com vocês
4 5 6 7 8 9 10


Vem aprender a contar
é tão fàcil assim pelos dedos
Cada mão guarda 5 segredos
Assim de mãos dadas vamos desvendar
Entra primeiro o 1
E o 2 segue atràs com afinco
Vem o 3 mais o 4 e o 5
Por agora chega a mão vai fechar

Refrão:
1 2 3 com vocês
4 5 6 7 8 9 10
1 2 3 com vocês

4 5 6 7 8 9 10

Vem aprender a contar
é tão fàcil assim pelo dedos
Cada mão guarda 5 segredos
Assim de mãos dadas vamos desvendar
La vem o 6 a chegar
E o 7 até me comove
é seguido pelo 8 e pelo 9
E o 10 fecha a conta p'ra depois cantar

Refrão:
1 2 3 com vocês
4 5 6 7 8 9 10
1 2 3 com vocês

4 5 6 7 8 9 10



O amor é vida

Refrão:
Vamos la saber aprender a ler
Não vai ser dificil posso ajudar
Vejam como é no Buéréré
Com estes amigos vamos começar

A de animação
M de magia
O de obrigado
R de razão
A palavra AMOR vem com alegria
Com 4 letrinhas no teu coração
Com esta palavra escrita no teu peito
Podes ser feliz até mais não

Refrão:
Vamos la saber aprender a ler
Não vai ser dificil posso ajudar
Vejam como é no Buéréré
Com estes amigos vamos começar


V de valiosa
I de interessante
D de desejada
A de amor sem fim
Assim é a VIDA talvez inconstante
Mas se for cantada serà sempre assim
Feliz verdadeira pura e natural
Cheia de alegria sem igual

Refrão:
Vamos la saber aprender a ler
Não vai ser dificil posso ajudar
Vejam como é no Buéréré
Com estes amigos vamos começar



P'ra cima, pra baixo

Refrão:
P'ra cima p'ra baixo esquerda e direita
P'ra baixo e p'ra cima à frente e atràs
P'ra cima p'ra baixo esquerda e direita
P'ra baixo e p'ra cima vê como se faz

O corpo é como um brinquedo
Com ele podemos brincar
Saltando dançando pulando
Vamos inventando formas de dançar

Refrão:
P'ra cima p'ra baixo esquerda e direita
P'ra baixo e p'ra cima à frente e atràs
P'ra cima p'ra baixo esquerda e direita
P'ra baixo e p'ra cima vê como se faz


O ritmo da dança não pàra
Eu quero ver tudo a mexer
O Crocko as Anetes a Abelha Melzinho
A Vaca e o Boiré-ré

Refrão:
P'ra cima p'ra baixo esquerda e direita
P'ra baixo e p'ra cima à frente e atràs
P'ra cima p'ra baixo esquerda e direita
P'ra baixo e p'ra cima vê como se faz




Lindo balão azul

"Eu vivo sempre no mundo da lua"
Porque ela é cientista o seu papo é futurista
é lunàtico
"Eu vivo sempre no mundo da lua"
Porque tem alma de artista é uma génia sonhadora
E romântica
"Eu vivo sempre no mundo da lua"
Porque é aventureira desde o seu primeiro passo
No infinito
"Eu vivo sempre no mundo da lua"
Porque ela é inteligente se você quer vir com a gente
Venha que serà um barato !

Refrão:
Pegar carona nessa calda de cometa
Ver a via làctea estrada tão bonita
Brincar de esconde esconde numa nuvém rosa
Voltar p'ra casa em nosso lindo balão azul



Então é natal
(Ana Malhoa e as Anetes)


Então é natal e o que você fez
O ano termina e nasce outra vez
Então é natal a festa cristã
Do velho e do novo do amor como um todo

Então bom natal e um ano novo também
Que seja feliz quem souber o que é o bem

E então é natal do enfermo e do são
Do rico e do pobre num so coração
Entãao bom natal p'ro branco e p'ro negro
Amarelo e vermelho p'ra paz afinal

Então bom natal e um ano novo também
Que seja feliz quem souber o que é o bem

Então é natal
E o que a gente fez
o ano termina e começa outra vez

E então é natal a festa cristã
Do velho e do novo do amor como um todo

Então bom natal e um ano novo também
Que seja feliz quem souber o que é o bem

Hare rama a quem ama
Hare rama ja

Então é natal (mery christmas) e o que você fez
O ano termina e nasce outra vez

Hiroshima Mururoa Sarajevo Ha
Timor leste, é natal Sarajevo
Sarajevo, é natal
Hiroshima



é de chocolate

Por detràs do arco iris além do horizonte
Ha um mundo encantado feito para ti
Onde o sonho colorido mora atràs do monte
Quero-te levar comigo quando amanhecer

Vou-te mostrar que é de chocolate
De chocolate que o amor é feito
De chocolate, choc choc chocolate
Bate o meu coração
Vou-te mostrar que é de chocolate
De chocolate que o amor é feito
De chocolate, choc choc chocolate
Bate o meu coração


Refrão:
Choc choc choc choc choc
Choc chocolate
Choc choc choc choc choc
é de chocolate
Choc choc choc choc choc
Choc chocolate
Choc choc choc choc choc
é de chocolate


E numa casinha de biscoito e de gelado
Tu vais me esperar a cada novo anoitecer
Caramelo semi-frio e doce de leite
é so tomar cuidado p'ra não derreter

Vou-te mostrar que é de chocolate
De chocolate que o amor é feito
De chocolate, choc choc chocolate
Bate o meu coração
Vou-te mostrar que é de chocolate

De chocolate que o amor é feito
De chocolate, choc choc chocolate
Bate o meu coração

Refrão:
Choc choc choc choc choc
Choc chocolate
Choc choc choc choc choc
é de chocolate

Choc choc choc choc choc
Choc chocolate
Choc choc choc choc choc
é de chocolate



Banho de lua

" tomo um banho de lua
fico branca como a neve
se o luar é meu amigo
censurar ninguém se atreve "

é tão bom sonhar contigo
oh luar tao cândido !

Sob um banho de lua
Numa noite de esplendor
Sinto a força da magia
Da magia do amor
"é tão bom sonhar contigo
oh luar tão cândido"

Tchim tchim tchim raio de lua
Tchim tchim baixando bem ao mundo
Oh lua cândida vem

Tomo um banho de lua
Fico branca com a neve
Se o luar é meu amigo
Censurar ninguém se atreve
é tão bom sonhar contigo
oh luar tão candido
" é tao bom sonhar contigo
oh luar tão candido"



Arco iris

Vou pintar um arco iris de energia
P'ra deixar o mundo cheio de alegria
Se està feio ou dividido
Vai ficar tão colorido
O que vale nesta vida é ser feliz

Com o azul eu vou sentir tranquilidade
O laranja tem sabor de amizade
"Com o verde tenho a esperança
Que existe em qualquer criança
Enfeitar o céu nas cores do amor"

No amarelo um sorrizo p'ra iluminar
Feito um sol tem o seu lugar
Brilha dentro da gente
Violeta mais uma cor que jà vai chegar
O vermelho p'ra completar meu arco iris no ar

Refrão:
Toda a cor tem em si uma luz uma certa magia
Toda a cor tem em si emoçoes em forma de poesia
Toda a cor tem em si uma luz uma certa magia
Toda a cor tem em si emoçoes em forma de poesia
Eh oh eh oh, eh oh eh oh, eh oh, eh oh



O areias

Anda no deserto e gosta de se armar em bom
Pensa que é esperto e tem um ar de bom tom
E tem a mania de que é muito elegante
Diz que não é nenhum elefante
Arma-se em valente e lança logo um grunido
Tem as patas altas e um andar muito mexido
Ja andou na guerra e nunca nunca foi vencido
Mas é muito muito convencido
E diz com ar mais superior
Que so lhe falta ser Doutor
E acha que é de entre todos
O mais belo

Refrão:
O areias é um camelo
Tem duas bossas e muito pêlo
"é muito alto e refilao
é engraçado e espertalhao
e agora està como ele quer
Està num jardim p'ra gente ver"
O areias é um camelo
Tem duas bossas e muito pêlo
"é muito alto e refilao
é engraçado espertalhão
o areias virou canção"

Bebe pouca àgua e não tem medo do frio
Farta-se de andar com o estômago vazio
Ja andou na guerra e nunca nunca foi vencido
Mas é muito muito convencido
E diz com ar mais superior
Que so lhe falta ser Doutor
E acha que é de entre todos
O mais belo

Refrão:
O areias é um camelo
Tem duas bossas e muito pêlo
"é muito alto e refilao
é engraçado e espertalhao
e agora està como ele quer
Està num jardim p'ra gente ver"
O areias é um camelo
Tem duas bossas e muito pêlo
"é muito alto e refilao
é engraçado espertalhão
o areias virou canção"




Doce mel

Quero estar junto a ti brincar junto a ti
Deixa correr solto o que a gente quiser
"Qualquer faz de conta a gente apronta
é bom ser criança enquanto puder"
Ser super-humano boneca de pano
"Menino ou menina que sabe o que quer"
Se tudo que é livre é super incrivel
Tem gosto de tudo que a gente quiser

Refrão:
Doce doce doce
A vida é um doce, vida é mel
Escorre da boca feito um doce
Pedaço do céu
Doce doce doce
A vida é um doce, vida é mel
Escorre da boca feito um doce
Pedaço do céu




Juntos

é tão bonito
Ter tantos sonhos tão diferentes
A viver juntos
Aqui no programa e tão contentes
Ja vem felizes no caminho
Na escondida olhando o transito
A criar um mundo feito màgicos
A cantar até ficar afòonicos
Vendo juntos

Refrão:
Juntos um dia entre nòs
Parece muito mais que um dia
Juntos a Ana p'ra nòs
é muito boa companhia
Eu quero assim
Crianças sempre perto de mim
Juntos um dia pra nòs
Parece feito de alegria
Juntos qualquer situação
é boa para uma cantoria
Eu quero assim
Crianças sempre perto de mim

Vamos viver
A nossa vida alegramente
Cada segundo
Pode ser grande e derepente
Segunda-feira é como o Sàbado
O nosso mundo é mesmo màgico
Segunda-feira é como o Sàbado
Vendo juntos

Refrão:
Juntos um dia entre nòs
Parece muito mais que um dia
Juntos a Ana p'ra nòs
é muito boa companhia
Eu quero assim
Crianças sempre perto de mim
Juntos um dia pra nòs
Parece feito de alegria
Juntos qualquer situação
é boa para uma cantoria
Eu quero assim
Crianças sempre perto de mim


A criar um mundo feito màgicos
A cantar até ficar afònicos
Vendo juntos



Meu boomerang

Meu boomerang não quer mais voltar
Na=ão sei onde ele foi parar
Quem sabe até pegou
Boleia com uma nuvem
Qual é ? me deixou na mão
De braços estendidos
Sozinha aqui no chão
"eh eh, sozinha aqui no chão"
Meu boomerang nao quer mais voltar
Fugiu e foi p'ra outro lugar
Cansou do céu daqui
E foi voar para ali
De onde estiver agora
Receba este lamento
Que eu mando pelo vento
"eh eh, que eu mando pelo vento"

Refrão:
Bu bu boomerang volta bu bu
Bu bu boomerang volta
Se você voltar eu juro nunca mais jogo você

"meu boomerang nao quer mais voltar
deixou saudade em seu lugar
jamais se despediu"
p'ra onde foi ninguém viu
deixei minha porta aberta
quem sabe até amanha
ele nao me desperta
eh eh, ele nao me desperta

Refrão:
Bu bu boomerang volta bu bu
Bu bu boomerang volta
Se você voltar eu juro nunca mais jogo você

video

video

2 comentários: